- Continua depois da publicidade -


Ministra suspende contrato de R$ 45 milhões feito sem licitação pela Funai

A limpeza já começou a ser feita em Brasília

Na última quarta-feira (02), a ministra de Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, pediu a suspensão de um contrato feito entre a Funai (Fundação Nacional do Índio) e a UFF (Universidade Federal Fluminense), no valor de R$ 44,9 milhões, que havia sido feito sem licitação durante o governo de Michel Temer (MDB).


A UFF foi contratada sob o pretexto de “dar apoio institucional ao desenvolvimento do projeto ‘Fortalecimento Institucional da Funai'”, de acordo com o documento assinado em 28 de dezembro.

Veja a cópia do Ofício expedido pela ministra:

“Considerando a vultosa quantia e os documentos que instruem o processo, solicita-se a imediata suspensão do instrumento [contrato]”, escreveu Damares nesta quarta-feira (2), em oficio obtido pelo UOL.

Pois é! A limpeza já começou a ser feita em Brasília!

Parabéns, ministra!



Veja também...