- Continua depois da publicidade -


O intelectual americano foi um dos responsáveis pela eleição de Donald Trump

No último sábado (16), a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou que a “Europa tem inimigos”, apontando o dedo para a Rússia e o direitista Steve Bannon.

– Continua depois da publicidade –


Durante discurso na Conferência de Segurança de Munique (MSC), a chanceler pediu por uma “luta” para defender estruturas que estão “sob pressão”, registrou a agência EFE.

Ela citou em primeiro lugar a “guerra híbrida dirigida pela Rússia”, principalmente para os países europeus “economicamente mais frágeis”.

Então, Merkel se referiu ao ex-estrategista-chefe da Casa Branca, Steve Bannon, que fundou “O Movimento” com objetivo de reunir lideranças direitistas mundo afora (Olavo de Carvalho e Eduardo Bolsonaro estão entre os representantes do Brasil). Bannon busca um bom resultado nas eleições europeias de maio.

“Devemos lutar por essa Europa, pelo multilateralismo e contra todos os que lutam contra a Europa”, concluiu Merkel.

– Continua depois da publicidade –



Veja também...