fbpx

- Continua depois da publicidade -


Guerra: Brasil x Venezuela, quem ganharia?

Descubra por que a Venezuela seria facilmente derrotada

Diante da crescente tensão com o Brasil, oriunda da ditadura socialista na Venezuela, muitos têm se perguntado o que aconteceria em caso de guerra.

– Continua depois da publicidade –


Na internet, observa-se diversas falácias, como: “O Brasil só teria munição para uma hora de guerra”; “A Venezuela é mais poderosa”. Será, mesmo?

Segundo o ranking da entidade internacional “Global Fire Power“, que registra os principais aspectos das Forças Armadas de mais de 130 países, o Brasil é o 14º país mais poderoso do mundo, enquanto a Venezuela está na 46ª posição, sem contar que, no momento, falta comida até para os soldados venezuelanos, que estão desertando e fugindo para o Brasil.

Aliás, o Brasil é o país mais poderoso da América Latina, ficando o México em segundo e a Argentina em terceiro.

Confira os dados que comprovam a superioridade militar brasileira perante a venezuelana:


BrasilVenezuela
Ranking Mundial14º46º
População Total207 milhões31 milhões
Soldados ativos334 mil115 mil
Reservistas1,65 milhão8 mil
Exército total1,97 milhão123 mil
Orçamento Militar AnualUS$ 29,3 bilhõesUS$ 4 bilhões
Reservas EstrangeirasUS$ 337 bilhõesUS$ 6,7 bilhões
Poder de CompraUS$ 3,2 trilhõesUS$ 389,4 bilhões
Aeronaves de Combate12539
Interceptadores Aéreos4639
Helicópteros de Combate1210
Tanques de Guerra469696
Blindados de Ataque1707700
Artilharia563104
Lançadores de Foguete18052
Navios de Guerra11050
Submarinos52

Observe que, mesmo as Forças Armadas brasileiras já sendo superiores às venezuelanas, caso o Brasil utilizasse seu poder econômico para modernizar o exército durante uma eventual guerra, comprando novas armas, aviões, tanques e submarinos, as diferenças de poder ficariam ainda mais avassaladores, tudo da noite para o dia, tendo em vista que armamentos podem ser obtidos rapidamente através de comércio com aliados e, também, pela fabricação nacional, pois possuímos tecnologia para tal.

Em questão de tecnologia, a única vantagem da Venezuela poderia ser sua moderna defesa antiaérea adquirida da Rússia, mas, mesmo assim, levamos uma vantagem avassaladora por mar e por terra.

Além disso, caso a guerra fosse na situação atual, o povo venezuelano apoiaria o exército brasileiro, assim como grande parte das forças armadas da própria Venezuela que, provavelmente, desertariam e se uniriam a nós.

Sem contar que, levando em conta as possíveis alianças, o Brasil ganharia mais fácil ainda, pois China já negocia com Guaidó por debaixo dos panos e a Rússia possui controle da internacional socialista, a qual o presidente interino da Venezuela pertence e obedece.

Então, seria Brasil, Estados Unidos e Colômbia contra Venezuela, Cuba, algumas milícias e, talvez, uma ajudinha do Irã.

Também, se pararmos para pensar na qualidade do exército, o Brasil possui os soldados mais capacitados do mundo para luta na selva. Militares do mundo inteiro vêm treinar na Amazônia com as nossas Forças Armadas e aprender estratégias.

Portanto, é muito improvável que Nicolás Maduro tenha coragem de puxar uma briga real com o Brasil.

– Continua depois da publicidade –


Comentários


Veja também...

Ajude-nos a quebrar a censura e siga o Diário Conservador no Twitter: