fbpx

- Continua depois da publicidade -


General Santos Cruz faz críticas ao STF

“Não se pode silenciar liberdades”, disse o militar.

O ministro da Secretaria de Governo, Santos Cruz, criticou o inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para apurar supostas ameaças a ministros da Corte.

– Continua depois da publicidade –


O general Santos Cruz afirma que o inquérito do STF segue o mesmo “princípio” e “motivações semelhantes” à censura imposta a sites de notícias pelo ministro Alexandre de Moraes, que já foi revogada.

Questionado pelo blog da Andréia Sadi sobre sua opinião em relação à censura determinada a sites de notícias, o ministro disse que não se pode “silenciar liberdades”.

Santos Cruz declarou:

“Sou a favor total das liberdades do cidadão e sou contra censura. A imprensa precisa ter responsabilidades, assim como qualquer cidadão. Não importa se é A, B ou C. Se tem algo incomodando, tem a Justiça para recorrer. O importante é manter os canais abertos, canais livres para total liberdade de imprensa.”

O ministro afirma que, em sua opinião, se algo que está sendo investigado não for comprovado, quem acusou precisa ser “responsabilizado”:

“Porque com essa exposição, se não se comprovar nada, o estado precisa ser responsabilizado.”

– Continua depois da publicidade –


Comentários


Veja também...

Ajude-nos a quebrar a censura e siga o Diário Conservador no Twitter: