fbpx

- Continua depois da publicidade -


Revista americana aponta Mourão como rival de Bolsonaro

O professor Oliver Stuenkel disse que Mourão, antes tido como radical, ao perceber a oportunidade de subir, passou por uma metamorfose ideológica.

A suposta rivalidade entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o seu vice, Hamilton Mourão, está repercutindo na imprensa internacional.

– Continua depois da publicidade –


De acordo com um artigo publicado pela revista norte-americana Americas Quarterly, enquanto a oposição ao governo parece perdida, Mourão se consolida como o principal oponente do presidente.

O texto assinado pelo professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Oliver Stuenkel, afirma:

“Depois de pouco mais de cem dias no poder, o governo do presidente Jair Bolsonaro está em guerra consigo mesmo, e o presidente consegue cada vez menos controlar os setores próximos a ele na briga por influência.”

Para surpresa de ninguém, o docente da FGV critica duramente o governo Bolsonaro ao longo do texto e diz que Mourão está muito bem posicionado para assumir o governo, se necessário:

“Em vez de participar ativamente de esquemas, o ex-general pode simplesmente esperar que o inexperiente presidente cambalear em direção ao abismo.”

– Continua depois da publicidade –


Comentários


Veja também...

Ajude-nos a quebrar a censura e siga o Diário Conservador no Twitter: