fbpx

- Continua depois da publicidade -


Comissão do Senado aprova lei que obriga preso a pagar suas despesas

Na nova lei, detentos que não têm condições financeiras para arcar com despesas terão de trabalhar.

Nesta terça-feira (14), a Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou um projeto de lei que obriga o detento a ressarcir os gastos do Estado com sua manutenção na cadeia.

– Continua depois da publicidade –


A senadora Soraya Thronicke (PSL-MS), relatora do projeto, citou como argumento a “aclamação popular” que o projeto tem:

“Não podemos ignorar que, por essa amostra, 97% da população brasileira quer que todo preso arque com seus custos. Eu escuto a voz do povo e, como sua representante neste Parlamento, não posso ser contrária a este projeto.”

Entre outras sanções, o preso que tiver condições financeiras, mas se recusar a pagar ou a trabalhar, será inscrito na dívida ativa da Fazenda Pública.

Além disso, o texto estabelece que o detento que não tenha condições de custear a estadia na cadeia trabalhe para cobrir os gastos. A matéria segue para votação final no plenário da Casa, informa o Metrópoles.

– Continua depois da publicidade –


Comentários


Veja também...

Ajude-nos a quebrar a censura e siga o Diário Conservador no Twitter: