fbpx

- Continua depois da publicidade -


Bolsonaro cria decreto que expande os poderes de Santos Cruz

Publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesta quarta-feira (15), o decreto passa a valer em 25 de junho.

O decreto, editado pelo presidente Jair Bolsonaro, institui um banco eletrônico de indicações para cargos de confiança na administração federal.

– Continua depois da publicidade –


O texto também dá uma nova atribuição ao ministro da Secretaria Geral do Governo, general Santos Cruz, tornando-o responsável por avaliar indicações para postos de 2º e 3º escalão, reitores de instituições federais de ensino e para funções no exterior. Confira a íntegra do decreto.

A decisão de Bolsonaro foi tomada em meio ao conflito interno no governo envolvendo Santos Cruz. O general é um dos principais críticos do filósofo Olavo de Carvalho.

Em entrevista ao site Crítica Nacional, na noite desta quarta, Olavo denunciou a transformação do general Santos Cruz “numa espécie de supergovernante” após a assinatura deste decreto.

Por esta razão, o filósofo anunciou que estava se afastando temporariamente do debate político nacional:

“Ele sempre lutou por isso e conseguiu o que queria. Não sei como, não sei que argumentos ele usou com o presidente. Eu sei que, depois de terem sido detectadas condutas irregulares – e até criminosas – dele, ele foi promovido.”

E acrescentou:

“O que eu posso fazer? Então, o que estou decidindo hoje é me ausentar temporariamente do debate político nacional.”

– Continua depois da publicidade –


Comentários


Veja também...

Ajude-nos a quebrar a censura e siga o Diário Conservador no Twitter: